A batalha por Lisichansk está dura e vai intensificar-se

Kiev nega que a cidade do Leste esteja cercada, mas admite uma situação complicada. No extremo oposto do país, Lviv prepara-se para um eventual ataque bielorrusso.

Foto
Mikolaiv foi novamente alvo de bombardeamentos este sábado, tal como acontecera já durante a semana EPA/GEORGE IVANCHENKO

Sugerir correcção
Ler 4 comentários