Apoio aos veículos de mercadorias foi reforçado com mais 4,9 milhões

Conselho de Ministros aprovou ontem uma resolução para subir o valor máximo do apoio de modo a “garantir que o máximo número de operadores” licenciados pelo IMT possa ser abrangido” pela medida mitigadora da subida do custo dos combustíveis.

Foto
Medida tem como objectivo mitigar impacto da subida dos combustíveis Paulo Pimenta

O valor global do apoio ao sector dos transportes de mercadorias por conta de outrem devido à subida do preço dos combustíveis foi alargado de 45,9 milhões para 50,82 milhões de euros, ou seja, com mais 4,92 milhões de euros, de acordo com as informações do Ministério das Infra-estruturas. Este incremento foi aprovado na última reunião do Conselho de Ministros, no dia 23, tendo como justificação o “número de candidaturas apresentadas” e de modo a “garantir que o máximo número de operadores licenciados pelo Instituto da Mobilidade e dos Transportes possa ser abrangido por este apoio”.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários