Estado vai pagar 25 milhões a ex-parceiros para assegurar SIRESP até final do ano

Altice vai receber a principal fatia de mais de 22 milhões de euros para gerir e manter a rede de comunicações de emergência durante 18 meses.

Foto
SIRESP registou várias falhas durante os incêndios de Pedrógão Grande daniel rocha

O Estado vai pagar mais de 25 milhões de euros a dois dos seus antigos parceiros privados no Sistema Integrado das Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP) para estes continuarem a fornecer serviços essenciais para o funcionamento da rede que pretende assegurar as comunicações entre diversas entidades em situações de emergência, cujas falhas no combate aos incêndios de Pedrógão geraram grande polémica.

Sugerir correcção
Ler 3 comentários