França escolhe os seus deputados em clima de bipolarização total

Nas legislativas mais imprevisíveis dos últimos 20 anos, a aliança forjada por Jean-Luc Mélenchon ameaça a maioria que apoia Emmanuel Macron. A abstenção pode chegar aos 54%.

Foto
A maioria de Emmanuel Macron está em risco nas legislativas francesas Reuters/CHRISTIAN HARTMANN

Nos dias que se seguiram à sua reeleição como Presidente de França, as hostes de Emmanuel Macron conjecturavam que das legislativas podia sair um de dois resultados. O de “sonho” era o República em Marcha ganhar sozinho uma maioria absoluta na Assembleia Nacional. O “catastrófico” seria conseguir apenas uma maioria relativa que deixasse o Governo dependente do Horizontes e do Movimento Democrata, liderados respectivamente por Édouard Philippe e François Bayrou, que são aliados e já integraram um Executivo de Macron, mas que são vistos como potenciais candidatos nas Presidenciais de 2027 e quereriam obter ganhos políticos que os alavancassem.

Sugerir correcção
Ler 11 comentários