Tráfico de antiguidades: sob suspeita, antigo director do Louvre foi destituído de funções

Jean-Luc Martinez viu serem-lhe retiradas responsabilidades no âmbito do seu cargo de embaixador do património, para o qual o Governo o convidara depois de sair do museu. Motivo? “Precaução.” Nova ministra da Cultura francesa, Rima Abdul-Malak, aguarda clarificações do processo em que o historiador de arte é acusado de envolvimento numa rede internacional de tráfico de antiguidades.

Foto
A extensão do Louvre nos Emirados Árabes Unidos foi desenhada pelo arquitecto francês Jean Nouvel EPA/MARTIN DOKOUPIL

A investigação já decorria há muito, mas só no final de Maio ganhou projecção mediática com a detenção para interrogatório do antigo director do Museu do Louvre Jean-Luc Martinez.

Sugerir correcção
Comentar