Rússia e China vetam novo pacote de sanções à Coreia do Norte pela primeira vez desde 2006

Resolução apresentada pelos EUA no Conselho de Segurança justificava punições adicionais ao regime de Kim Jong-un com os recentes ensaios balísticos. Pequim e Moscovo dizem que as sanções não surtiram efeito e são, agora, um “beco sem saída”.

Foto
EUA dizem que o regime Kim Jong-un está “a preparar-se activamente para realizar um teste nuclear” Reuters/KCNA

A Federação Russa e a República Popular da China vetaram na quinta-feira a aprovação de um novo pacote de sanções económicas à Coreia do Norte. Foi a primeira vez, em 16 anos, que os dois membros permanentes do Conselho de Segurança das Nações Unidas usaram o seu direito de veto para travarem uma punição adicional ao país de Kim Jong-un.

Sugerir correcção
Ler 4 comentários