Urgências em Santa Maria atingem valor recorde desde o início da pandemia. Mas são sobretudo doentes “não covid”

Hospital de Santa Maria está muito pressionado com doentes de outras patologias, apesar de a procura de pacientes com covid-19 estar a aumentar. No Amadora-Sintra e no Centro Hospitalar Lisboa Central procura pelas urgências também subiu. Mas, para já, as duas unidades mantêm actividade programada normal.

Foto
Existem cinco pessoas com covid internadas na unidade de cuidados intensivos do maior hospital de Lisboa LUSA/MÁRIO CRUZ

As urgências do Hospital de Santa Maria (Lisboa) atingiram na segunda-feira um recorde de atendimentos desde o início da pandemia, com 800 admissões, mas a grande pressão é sobretudo de doentes “não covid, adiantou uma fonte da instituição.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários