Raro, exótico, até bizarro: Coimbra abre o seu gabinete de curiosidades com mais de 4000 peças

“Não há etiquetas, não há legendas, não há sequer um percurso lógico”. São milhares de peças que nos fazem entrar num gabinete de curiosidades do século XVIII. Foi inaugurado no Museu da Ciência da Universidade de Coimbra no Dia Internacional dos Museus.

GABINETE DE CURIOSIDADES EM COIMBRA�
Fotogaleria
Gabinete de Curiosidades em Coimbra ADRIANO MIRANDA/PUBLICO
GABINETE DE CURIOSIDADES EM COIMBRA�
Fotogaleria
Gabinete de Curiosidades em Coimbra ADRIANO MIRANDA/PUBLICO
GABINETE DE CURIOSIDADES EM COIMBRA�
Fotogaleria
Gabinete de Curiosidades em Coimbra ADRIANO MIRANDA/PUBLICO
GABINETE DE CURIOSIDADES EM COIMBRA�
Fotogaleria
Gabinete de Curiosidades em Coimbra ADRIANO MIRANDA/PUBLICO
GABINETE DE CURIOSIDADES EM COIMBRA�
Fotogaleria
Gabinete de Curiosidades em Coimbra ADRIANO MIRANDA/PUBLICO
GABINETE DE CURIOSIDADES EM COIMBRA�
Fotogaleria
Gabinete de Curiosidades em Coimbra ADRIANO MIRANDA/PUBLICO
GABINETE DE CURIOSIDADES EM COIMBRA�
Fotogaleria
Gabinete de Curiosidades em Coimbra ADRIANO MIRANDA/PUBLICO
GABINETE DE CURIOSIDADES EM COIMBRA�
Fotogaleria
Gabinete de Curiosidades em Coimbra ADRIANO MIRANDA/PUBLICO
GABINETE DE CURIOSIDADES EM COIMBRA�
Fotogaleria
Gabinete de Curiosidades em Coimbra ADRIANO MIRANDA/PUBLICO
GABINETE DE CURIOSIDADES EM COIMBRA�
Fotogaleria
Gabinete de Curiosidades em Coimbra ADRIANO MIRANDA/PUBLICO
GABINETE DE CURIOSIDADES EM COIMBRA�
Fotogaleria
Gabinete de Curiosidades em Coimbra ADRIANO MIRANDA/PUBLICO
GABINETE DE CURIOSIDADES EM COIMBRA�
Fotogaleria
Gabinete de Curiosidades em Coimbra ADRIANO MIRANDA/PUBLICO

Entramos duplamente às escuras. As luzes estão complemente apagadas e, verdade seja dita, nunca tínhamos estado num gabinete de curiosidades – mais à frente, viríamos a perceber que a falha não era grande, dada a raridade do local onde nos tínhamos metido. À medida que a iluminação vai revelando os pormenores da sala, prendemos os olhos nas vitrines e também no tecto, com pena de não sermos uma criança de quatro anos e de nos ser garantido o direito de fazer perguntas em catadupa. Como é que este crocodilo veio aqui parar? Onde foi encontrada a cobra de duas cabeças? Que osso é este? Porque é que este burro tem seis patas? E ainda que optemos por conter o desejo de questionar, aproveitamos a sensação de êxtase que nos é oferecida naquela sala do Colégio de Jesus, na Alta de Coimbra. Bem-vindos ao novíssimo Gabinete de Curiosidades do Museu da Ciência da Universidade de Coimbra – inaugurado a 18 de Maio, Dia Internacional dos Museus.

Sugerir correcção
Comentar