Arqueólogos descobrem mais dois “pugilistas” com quase três mil anos na Sardenha

Necrópole localizada há quase 50 anos continua a ser alvo de escavações. No Monte Prama os arqueólogos identificaram agora mais dois torsos destas enormes esculturas cuja natureza está ainda por explicar. Será que representam jovens preparados para um combate ritual de boxe?

Foto
Três das 24 esculturas já reconstituídas e expostas no museu Cortesia: Fundação Mont'e Prama

Estão muito longe de ser tão populares quanto os colossos da Ilha de Páscoa, os moai, mas têm alimentado teorias em torno da sua origem não menos delirantes do que aquelas que rodeiam os seus “congéneres” do Pacífico.

Sugerir correcção
Comentar