O sonho do Union Saint-Gilloise está perto do fim. Mas ainda está vivo

Liderou a Liga belga durante quase toda a época, mas a fase dos play-off foi fatal e dificilmente chegará ao título. O caminho até lá foi nada menos do que espectacular: na época passada estava na segunda divisão. E tem uma inesperada conexão ao italo-disco.

Foto
O estádio do USG já parece pequeno para tantos adeptos Twitter Union Saint-Gilloise

O Union Saint-Gilloise (USG) não era um gigante adormecido, mas um gigante apodrecido, sem chuveiros e casas de banho no campo de treinos, à beira de cair (outra vez) na terceira divisão. Um destino inglório, mas inevitável para o terceiro clube com mais títulos de campeão no futebol belga (11), atrás de Anderlecht (34) e Club Brugge (17). Não foi assim há tanto tempo como isso. Em 2018, o USG era um clube em ruínas. Em 2022, é um clube renascido. Ainda pode chegar ao título de campeão belga, mas é pouco provável que o consiga depois dos maus resultados das últimas semanas. Se tal acontecer será um epílogo extraordinário para um caminho que, até aqui, foi nada menos do que espectacular: na temporada anterior estava na segunda divisão.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários