Advogado de Rendeiro admite queixa ao Tribunal Internacional de Justiça

As condições que ex-banqueiro enfrentava na cadeia sul-africana podem ter levado à sua morte, considera Abel Marques, que avançará para tribunal da ONU se viúva assim o entender.

Foto
As condições que ex-banqueiro enfrentava na cadeia sul-africana podem ter levado à sua morte LUSA/Luis Miguel Fonseca

O advogado português de João Rendeiro, Abel Marques, admite apresentar uma queixa ao Tribunal Internacional de Justiça da ONU (Organização das Nações Unidas) pela forma como João Rendeiro foi tratado na cadeia sul-africana de Westville, em circunstâncias que poderão ter levado à sua morte. Dependerá da vontade da viúva em avançar ou não com esta queixa.

Sugerir correcção
Ler 11 comentários