Fotogaleria

Em imagens: as comemorações de um Dia da Vitória russo ensombrado pela Ucrânia

Vladimir Putin traçou paralelismos entre a vitória soviética contra Adolf Hitler e a actual guerra em solo ucraniano – isto sem referir a palavra Ucrânia.

O Presidente russo, Vladimir Putin, deposita flores num memorial, durante uma cerimónia no Túmulo do Soldado Desconhecido, no Dia da Vitória, em Moscovo Sputnik/Anton Novoderzhkin
Fotogaleria
O Presidente russo, Vladimir Putin, deposita flores num memorial, durante uma cerimónia no Túmulo do Soldado Desconhecido, no Dia da Vitória, em Moscovo Sputnik/Anton Novoderzhkin


A Praça Vermelha, em Moscovo, voltou a ser o palco principal das comemorações russas do Dia da Vitória, no qual a Rússia recorda a vitória sobre a Alemanha nazi, em 1945.

As cerimónias recordam as vítimas soviéticas durante o conflito e servem de demonstração de força e vitalidade do regime, com o desfile de militares, tanques e mísseis.

As comemorações deste ano acontecem ensombradas pelo conflito na Ucrânia, o mote principal do discurso do Presidente russo, Vladimir Putin, que traçou paralelismos entre a vitória soviética contra Adolf Hitler e a actual guerra em solo ucraniano – isto sem referir a palavra Ucrânia.

<i>Howitzers</i> russos e um sistema de mísseis terra-ar Tor-M2 na Praça Vermelha durante um desfile militar no centro de Moscovo, no Dia da Vitória, que marca o 77º aniversário da vitória sobre a Alemanha Nazi na II Guerra Mundial
Howitzers russos e um sistema de mísseis terra-ar Tor-M2 na Praça Vermelha durante um desfile militar no centro de Moscovo, no Dia da Vitória, que marca o 77º aniversário da vitória sobre a Alemanha Nazi na II Guerra Mundial REUTERS/Evgenia Novozhenina
O Presidente russo, Vladimir Putin, o ministro da Defesa, Sergei Shoigu, e o comandante das Forças Terrestres russas, Oleg Saliukov, depois do desfile militar no Dia da Vitória, em Moscovo
O Presidente russo, Vladimir Putin, o ministro da Defesa, Sergei Shoigu, e o comandante das Forças Terrestres russas, Oleg Saliukov, depois do desfile militar no Dia da Vitória, em Moscovo REUTERS/Maxim Shemetov
Militares russos no topo dos <i>howitzers</i> durante o desfile militar do Dia da Vitória, em Moscovo
Militares russos no topo dos howitzers durante o desfile militar do Dia da Vitória, em Moscovo REUTERS/Evgenia Novozhenina
Militares russos passam por uma Guarda de Honra durante o desfile militar do Dia da Vitória, em Moscovo
Militares russos passam por uma Guarda de Honra durante o desfile militar do Dia da Vitória, em Moscovo REUTERS/Shamil Zhumatov
Atiradores furtivos nos telhados durante o desfile militar do Dia da Vitória, em Moscovo
Atiradores furtivos nos telhados durante o desfile militar do Dia da Vitória, em Moscovo REUTERS/Maxim Shemetov
O Ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, a conduzir um Aurus descapotável durante o desfile militar do Dia da Vitória, em Moscovo
O Ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, a conduzir um Aurus descapotável durante o desfile militar do Dia da Vitória, em Moscovo REUTERS/Evgenia Novozhenina
Marinheiros da marinha russa marcham durante o desfile militar no Dia da Vitória, em Moscovo
Marinheiros da marinha russa marcham durante o desfile militar no Dia da Vitória, em Moscovo REUTERS/Maxim Shemetov
Militares russos marcham durante o desfile militar do Dia da Vitória, em Moscovo
Militares russos marcham durante o desfile militar do Dia da Vitória, em Moscovo REUTERS/Evgenia Novozhenina