O IndieLisboa ergue a bandeira do cinema português, em diálogo com o mundo

É o maior, e o melhor, concurso português de sempre do IndieLisboa: desta sexta até dia 8 de Maio, nove longas-metragens muito acima da média que já começaram a viajar pelo mundo e que representam um cinema que não quis, nem quer, parar apesar das vicissitudes que enfrenta.

Foto

E se a competição portuguesa da edição 2022 do IndieLisboa — e esclareça-se: esta competição em especial, que começa sexta, 29, e se estende até domingo, 8 de Maio — fosse o melhor “mostruário” possível para o cinema que se faz aqui e agora? O momento onde melhor se pode ter a noção de tudo o que está em jogo para uma produção que tem mais de “criação artesanal” ou de “pequenas tiragens” do que de estrutura industrial?

Sugerir correcção
Comentar