Reitor da UP mantém decisão do senado e decreta despedimento de docente por fazer comentários “sexistas, machistas, racistas e xenófobos”

Professor auxiliar da Faculdade de Economia da Universidade do Porto pode recorrer para o Tribunal do Trabalho.

Foto
Reitor da UP, António Sousa Pereira, decide pelo despedimento do docente que fazia comentário "sexistas e racistas" nas aulas Adriano Miranda

Três meses depois de o senado da Universidade do Porto (UP) ter decidido pelo despedimento disciplinar do professor Pedro Cosme da Costa Vieira da Faculdade de Economia, acusado de ter “atitudes que incitam ao ódio” e de proferir comentários “sexistas, racistas e xenófobos” nas aulas, o reitor da UP, António Sousa Pereira, já terá assinado o despacho e, ao que o PÚBLICO apurou, aponta para o despedimento disciplinar do docente.

Sugerir correcção
Ler 17 comentários