Escândalo das festas chega à cúpula do Governo britânico: Johnson e Sunak multados pela polícia

Primeiro-ministro pede desculpa e diz que não se apercebeu que estava a violar das regras da pandemia. Oposição exige demissão dos dois governantes, mas a guerra na Ucrânia faz os conservadores hesitarem em desafiar a liderança.

Foto
Boris Johnson, primeiro-ministro do Reino Unido NEIL HALL/EPA

A polémica das festas em Downing Street durante a pandemia atingiu esta terça-feira a cúpula do Governo do Reino Unido. E de que maneira. Da lista actualizada de multas emitidas pela Polícia Metropolitana de Londres (Met) por “violações dos regulamentos da covid-19” nas sedes do poder executivo britânico, no âmbito de uma investigação criminal, ainda em curso, a 12 convívios, constam os nomes do primeiro-ministro, Boris Johnson, e do ministro das Finanças, Rishi Sunak.

Sugerir correcção
Comentar