Ex-gestor do Novo Banco fala com Ramalho sobre a “pipa de massa” do Banco de Fomento

Vítor Fernandes estava na calha para liderar instituição que vai gerir o dinheiro do PRR. Depois de sair do Novo Banco, em aparente ruptura, continuou a dialogar com actual líder sobre clientes e já sobre como já estava “a ajudar qualquer coisa”.

Foto
Miguel Manso

A Operação Cartão Vermelho destapou que Vítor Fernandes, pouco depois de ter saído “aparentemente em divergência” do Novo Banco e quando já estava na calha para presidir ao Banco Português de Fomento (BPF), andava a conversar com António Ramalho sobre a “pipa de massa” dos fundos europeus, como é possível constatar nas escutas da investigação, segundo apurou o PÚBLICO. O Ministério Público dá mesmo conta do ex-gestor do Novo Banco a pedir calma ao seu antigo presidente-executivo (CEO) - que queria saber quando é que se poderia começar a falar sobre do BPF -, justificando que ainda não tinha assumido o cargo, mas admitindo já estar “a ajudar qualquer coisa”.

Sugerir correcção
Ler 54 comentários