Estado vai entrar com 400 milhões em empresas de “interesse estratégico nacional”

Candidaturas à recapitalização estratégica abertas até 30 de Junho para empresas sem co-investidor ou 31 de Dezembro para quem tenha apoio privado.

Foto
O investimento por empresa será, “preferencialmente”, até dez milhões de euros ADRIANO MIRANDA (arquivo)

Um dos dois primeiros programas do Fundo de Capitalização e Resiliência (FCR) lançado pelo Governo prevê que o Estado invista até 400 milhões de euros para tomar posição, sozinho ou em co-investimento, em empresas de “interesse estratégico nacional”.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários