Senado da UP quer despedir docente que fazia comentários “sexistas e racistas” nas aulas. Decisão final depende do reitor

Senado da Universidade do Porto reuniu-se esta quarta-feira e por maioria votou o despedimento do professor. Esta é a segunda vez que o professor, auxiliar da Faculdade de Economia, sofre uma sanção.

Foto
Senado da Universidade do Porto reuniu-se na Reitoria da UP Paulo Pimenta

O senado da Universidade do Porto (UP) decidiu esta quarta-feira que o professor Pedro Cosme da Costa Vieira da Faculdade de Economia, acusado de ter “atitudes que incitam ao ódio” e de proferir comentários “sexistas, racistas e xenófobos” nas aulas, deve ser despedido. A sanção de despedimento, recomendada pelo instrutor do processo disciplinar que estava em curso, foi votada favoravelmente por uma larga maioria dos membros do senado.

Sugerir correcção
Ler 17 comentários