Revolução e cultura ballroom

Orientamos o olhar à porta de 2022: teatro sobre revolucionárias do pré, durante e pós-25 de Abril; a expansão da cultura ballroom.

Foto
Paulo Pimenta

Há uma semana morreu Maria Lourença Cabecinha, resistente antifascista e militante do PCP. Por infelizes ou incontornáveis coincidências calendarísticas, o desaparecimento de Cabecinha levou-nos a orientar o olhar, enquanto abríamos a porta da temporada de 2022, em direcção a três espectáculos de teatro sobre mulheres revolucionárias do pré, do durante e do pós-25 de Abril.

Sugerir correcção
Comentar