Europol obrigada a apagar arquivos de dados pessoais

A Europol tem acumulado extensas bases de dados de indivíduos sem quaisquer ligações a crimes. A Autoridade Europeia para a Protecção de Dados diz que a Europol tem um ano para apagar a informação.

Foto
A informação acumulada durante as investigações da Europol inclui dados pessoais de cívis sem ligação a crimes REUTERS/STRINGER

A Europol recebeu uma ordem para apagar vastas colecções de dados pessoais de indivíduos sem ligações a actividades criminosas que foram sendo acumuladas em diversas investigações nos últimos anos. Por exemplo, durante operações de infiltração a serviços de mensagens encriptadas usadas maioritariamente por criminosos. O pedido veio da Autoridade Europeia para a Protecção de Dados (AEPD) que é a entidade responsável por garantir que as instituições europeias respeitam as regras de privacidade de dados. A Europol tem um ano para apagar os ficheiros.

Sugerir correcção
Comentar