Coro de protestos (1)

Uma notícia que comporta vários elementos exige que eles sejam hierarquizados editorialmente em função da importância de cada um.

Na edição de 14 de Dezembro de 2021, o PÚBLICO noticiou na primeira página, a cinco colunas, que o “Ministério Público deixou prescrever crimes de políticos suspeitos nas PPP”. Na entrada do texto, igualmente na primeira página, lê-se “MP demorou 11 anos a deduzir acusação no caso das PPP das auto-estradas. Mário Lino, Teixeira dos Santos e António Mendonça foram constituídos arguidos demasiado tarde para poderem ser julgados”. A notícia, da autoria da jornalista Ana Henriques, é desenvolvida no interior do jornal com o título “Prescrição livra antigos governantes de responderem em tribunal no caso das PPP”.

Sugerir correcção
Ler 3 comentários