Novo Plano de Protecção Civil aponta fragilidades nas telecomunicações, heliportos e armazenamento de combustível

Novo documento que actualiza o de 2013 aponta as principais debilidades do país que vão desde as telecomunicações aos heliportos e armazenamento de energia.

Foto
Plano de Emergência e Protecção Civil não era actualizado desde 2013 daniel rocha

O novo Plano Nacional de Emergência de Protecção Civil (PNEPC), documento que está em consulta pública até ao dia 10 de Fevereiro, revela que em Portugal ainda há locais, nomeadamente estradas, onde o serviço de voz falha e a transmissão de dados está indisponível. Para os profissionais que prestam socorro, como é o caso dos técnicos de emergência pré-hospitalar do INEM, por exemplo, esta falha pode pôr em causa a assistência a eventuais vítimas.

Sugerir correcção
Comentar