Os preços da Internet são “uma das dimensões em que Portugal compara mal”

O secretário de Estado para a Transição Digital, André de Aragão Azevedo, defende que a tarifa social da Internet é das mais ambiciosas a nível europeu e garante que não falta dinheiro para co-financiar investimentos em rede fixa e móvel que levem a Internet em banda larga a toda a população e território.

Foto
O secretário de Estado André Azevedo afirma que Portugal está "claramente melhor" do que há dois anos em matéria de digitalização RUI GAUDÊNCIO

O secretário de Estado para a Transição Digital, André de Aragão Azevedo, diz que o atraso no leilão do 5G foi uma responsabilidade repartida entre a Anacom e os operadores e entende que o mercado português precisa de tarifários que permitam que “o cliente que quer só Internet tenha acesso a esse serviço a um preço compatível com as melhores práticas europeias”.

Sugerir correcção
Ler 5 comentários