Facebook detectou empresas a espiar quase 50 mil dos seus utilizadores

A empresa está a enviar alertas aos 48 mil utilizadores que terão sido afectados pelos sistemas de ciberespionagem agora descobertos. Há vítimas em mais de uma centena de países.

Foto
O WhatsApp, Instagram e Facebook foram utilizados por serviços de espionagem Reuters/DADO RUVIC

A Meta (empresa-mãe do Facebook) está a notificar 48 mil utilizadores que podem ter sido alvo de empresas de ciberespionagem contratadas por governos e clientes privados. Ao todo, sete serviços — a que a Meta chama “cibermercenários” estavam a usar o Instagram, WhatsApp e o Facebook para aprender mais sobre os alvos, manipulá-los e descobrir como comprometer os seus dispositivos através de phishing. Trata-se uma táctica de engenharia social para levar as pessoas a instalar ficheiros prejudiciais ou revelar dados.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários