“A China tem sido muito directa no seu desejo de ser a potência dominante no mundo”

Em 2034, um livro de ficção assustadoramente realista, a China e os EUA entram em guerra por causa de um incidente no mar do Sul da China. Segundo os autores, James Stavridis e Elliott Ackerman, basta olhar para a história para ver o que pode acontecer quando uma potência estabelecida é desafiada por uma potência em ascensão.

Foto
Elliott Ackerman à esquerda, James Stavridis à direita Elliott Ackerman/MUNICH SECURITY CONFERENCE

Veterano da Marinha dos EUA, almirante na reserva, James Stavridis foi Comandante Supremo Aliado da NATO na Europa entre 2009 e 2013 e chegou a ser considerado como potencial vice-presidente na candidatura de Hillary Clinton em 2016. Elliott Ackerman integrou o Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos e serviu em cinco missões no Iraque e no Afeganistão antes de enveredar pela carreira de jornalista e escritor. 

Sugerir correcção
Ler 44 comentários