Escritório do pai de Bruno de Macedo no centro de buscas em duas operações judiciais distintas

Uma investigação integra o caso Fora de Jogo que investiga crimes de fraude fiscal, fraude à segurança social e branqueamento de capitais. E outra está relacionada com as buscas ao FC Porto realizadas na passada segunda-feira. Na primeira foram constituídos cinco arguidos e na segunda um arguido, o primeiro deste caso.

Foto
SAD do Sp. Braga alvo de buscas Hugo Delgado/Publico

As Sociedades Anónimas Desportivas (SAD) do Sp. Braga e do V. Guimarães foram alvo, nesta quarta-feira, de duas operações de buscas diferentes. A primeira integra o caso que ficou conhecido como Operação Fora de Jogo e a segunda ocorreu no âmbito do mesmo inquérito em que foram realizadas buscas ao FC Porto e ao presidente dos “dragões”, Jorge Nuno Pinto da Costa, na passada segunda-feira. Mas onde estiveram mais tempo as figurais centrais das investigações, o juiz Carlos Alexandre, o procurador Rosário Teixeira e outra colega do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP), foi no escritório de o pai de Bruno de Macedo, Vespesiano Macedo, um advogado e empresário de Braga, visado nos dois casos.