Aynur, Rodrigo Cuevas ou Lina_Raül Refree: definições na Womex para a palavra liberdade

Encerrada no fim-de-semana, a 27.ª Womex, a maior feira dedicada às músicas do mundo, despediu-se do Porto com concertos de tradições brilhantemente reinventadas e por discursos contra o apagamento de culturas por governos interessados no seu silenciamento.

curdistao,culturaipsilon,musica,porto,sudao,turquia,
Fotogaleria
O espanhol Rodrigo Cuevas conquistou o Rivoli paulo homem de melo
curdistao,culturaipsilon,musica,porto,sudao,turquia,
Fotogaleria
paulo homem de melo
curdistao,culturaipsilon,musica,porto,sudao,turquia,
Fotogaleria
Cuevas reimagina ritmos tradicionais das Astúrias ou da Galiza através de uma enorme invenção melódica e um uso espantosamente orgânico de apontamentos electrónicos paulo homem de melo

Hasan Saltik foi condenado e preso várias vezes pelos tribunais e pelo regime turcos. O seu repetido “crime” foi o de “criar uma plataforma para minorias no seu país”. Saltik, cidadão curdo nascido na Turquia, criou uma plataforma considerada subversiva e que consistia – não há como escrevê-lo de outra maneira – numa editora. Ou seja, publicava discos de artistas curdos através da sua Kalan Müzik e, ao preservar e fomentar a cultura do seu povo, foi tratado como um criminoso. Numa das suas frequentes contendas com o sistema judicial turco, foi condenado pela ousadia de editar um álbum cujo booklet “continha texto numa língua inexistente”. O curdo, claro. Porque desde 1980 a Turquia baniu oficialmente as línguas minoritárias.

Sugerir correcção
Comentar