A derrocada do caráter

A perda do estatuto referencial da Igreja na formação do caráter contribui para o avanço dos populismos e fragiliza o edifício institucional no seu todo.

O caráter é o conjunto de bens morais que nos constituem e que transformamos em ações, na interação pessoal e social. Podemos, por isso, dizer que há pessoas com bom caráter, com caráter duvidoso, com mau caráter. Claro que esta colocação do problema é simplista.

Sugerir correcção
Ler 14 comentários