Falta de verbas põe em causa Actividades de Enriquecimento Curricular numa escola da Caparica

Associação de pais de escola do 1.º ciclo ameaça suspender AEC por não ter dinheiro para pagar aos professores.

Foto
Quase 81% dos alunos do 1.º ciclo estão inscritos nas AEC Rui Gaudêncio

A escola do 1.º ciclo de Vila Nova da Caparica, concelho de Almada, pode ficar sem Actividades de Enriquecimento Curricular (AEC) já a partir de 1 de Novembro, caso o Ministério da Educação não disponibilize, entretanto, as verbas necessárias para pagar aos professores que asseguram as AEC. Este é o cenário que está a ser equacionado pela associação de pais daquele estabelecimento do Agrupamento de Escolas da Caparica, que no caso é a entidade promotora destas actividades.