Preços da energia: Governo diz que Portugal “pode aproveitar pouco” das medidas de Bruxelas

A Comissão Europeia adianta aos Estados-membros que podem ajudar os cidadãos mais vulneráveis a fazer face à subida da factura energética com vouchers e reduções de impostos. O Ministério do Ambiente diz que Portugal já se antecipou às medidas propostas.

Foto
"Portugal dispõe daquela que é, muito provavelmente, a mais robusta tarifa social de energia na Europa", defende o Ministério do Ambiente Nuno Ferreira Santos

O conjunto de medidas que a Comissão Europeia fez na quarta-feira como orientações para os Estados-membros lidarem com os efeitos da crise energética no dia-a-dia dos seus cidadãos e empresas terá pouco efeito em Portugal.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários