TAP regressa aos “saldos”: promete voos desde 79 euros de ida e volta na Europa

“Grande promoção de regresso aos voos” é mote da campanha. TAP garante também bilhetes para Marrocos desde 109 euros e Brasil desde 399. “Lugares limitados”, avisa-se, para reservar de 20 a 30 de Setembro e viajar de Novembro a Março, tirando Natal e Ano Novo.

Foto
Nuno Ferreira Santos

A partir desta terça-feira, está no ar a nova “grande promoção” da TAP. Uma campanha que, garante-se em comunicado, tanto “estimula não só os portugueses a realizarem as viagens pelas quais há tanto anseiam” como “incentiva também os potenciais turistas” a “visitarem Portugal, dinamizando o sector do turismo nacional e a economia portuguesa”.

O slogan da promoção também tem um ar do tempo (“O mundo tem saudades suas”) e o texto é um apelo emocional aos viajantes: “A Sagrada Família está sempre a perguntar por si. A Torre Eiffel sente a falta do seu amor. O Cristo Redentor precisa de um abraço e as medinas estão à sua espera para regatear”. Passada a emoção, vamos a contas e critérios.

A fórmula da TAP passa pela promessa de viagens de ida e volta a partir de 79 euros, no caso da Europa. Entre os destaques anunciados pela companhia surgem cidades como Barcelona e Bruxelas (que até são propostas com valor mais baixo do que o mínimo anunciado; 73 euros i/v no caso de Lisboa; mais seis euros do Porto) ou Berlim (idem; 78 euros i/v; mais um euro no Porto). Outras propostas passam por Dublin (79€ Lisboa, 77€ Porto), Bilbau (80€ Lisboa, 97€ Porto) ou, entre muitas outras, Amesterdão (99€ Lisboa, 113€ Porto).

Em África, o grande destaque é Marrocos, “desde 109€" – a companhia tem voos para Casablanca, Marraquexe, Tânger e Oujda na lista. Entre os vários destinos, salienta-se ainda Cabo Verde, com Praia (383€), Sal (409€), São Vicente (381€), Boa Vista (407€); todos preços a partir de Lisboa.

Destino sempre em foco, o Brasil aparece “desde 399 euros” ida e volta. Sublinhe-se que há poucos dias a presidente da TAP, Christine Ourmières-Widener, referiu que o Brasil representa quase o mesmo peso do que Portugal em termos de receitas para a transportadora aérea. Curiosamente, o tal valor mínimo anunciado não se vislumbra na lista da campanha publicada online pela companhia: são nada mais nada menos que 11 destinos no Brasil a partir de Lisboa e o preço mais baixo proposto é de 463 euros para São Paulo; o mais caro é Porto Alegre, a 821 euros. Entre os dois valores ficam Belém, Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Maceió, Natal, Recife, Salvador e, claro, Rio de Janeiro. 

A promoção inclui mais destinos pelo mundo, referindo a companhia que os lugares são “limitados”, embora se desconheça o número de lugares disponibilizados para cada troço. As viagens devem realizar-se entre Novembro e Março (“com excepção do período de 15 de Dezembro a 15 de Janeiro”) e ser adquirida entre as 00h do dia 20 de Setembro e as 23h59 do dia 30.

Entre os critérios a obedecer para ter direito a valores promocionais, saliente-se que nos voos com destino à Europa ou Marrocos é obrigatória a “noite de sexta-feira para sábado ou três dias”; nos voos com destino ao Brasil, Américas e África, a “noite de sexta-feira para sábado ou cinco dias”. O período de estada máxima é sempre “até um mês” e “extensão da validade do bilhete não permitida”.

A empresa promete levar a campanha a todos os mercados além-fronteiras em que opera e divulgá-la “amplamente”, “promovendo, desta forma, o destino Portugal”.

A compra de bilhetes deve ser feita no site oficial da TAP.