Moda ou doidice, há cada vez mais vinhos portugueses a preços estratosféricos

A partir de uma visita às vinhas da Tapada do Chaves, uma das propriedades vitivinícolas mais antigas e famosas do Alentejo, uma reflexão sobre o lançamento de vinhos portugueses a preços estratosféricos.

Foto
Luís Ramos

Nesta vindima, eu vi as uvas perfeitas. Foi nos arredores da aldeia de Frangoneiro, junto a Portalegre. Os dias anteriores tinham sido escaldantes. Na serra de São Mamede, refrigério do Alentejo, os termómetros andaram perto dos 40 graus. Mas nessa manhã o tempo estava enublado e fresco, era o tempo desejado por qualquer vindimador e produtor do Alentejo a meio de uma vaga de calor.