Eunice Muñoz passa o testemunho em filme: “É assim que eu quero que guardem uma memória de mim”

Eunice ou Carta a Uma Jovem Actriz, um desejo de Eunice Muñoz tornado filme, chega às salas nacionais a 4 de Novembro. Antes, tem estreia marcada para o Doclisboa.

Foto
Eunice Muñoz: "Decidi que era altura de passar o testemunho e de ver continuado o sonho do teatro pela minha neta Lídia” Paulo Pimenta

Pelo menos 32 salas, de norte a sul e ilhas, estão confirmadas para exibirem Eunice ou Carta a Uma Jovem Actriz, a partir de 4 de Novembro. Uma afirmação da “descentralização” almejada pelo realizador Tiago Durão, que se estreia no género documental com o que gosta de chamar “um não-documentário”, mas também um reflexo do que é Eunice Muñoz: uma actriz de cunho verdadeiramente nacional que começou a sua paixão pela arte de representar a correr a província com a família e que, como dizia ao PÚBLICO em Maio, gosta ainda hoje de sair dos grandes centros urbanos com os seus trabalhos com a certeza de que encontra sempre “um público muito atento (…), que se entrega ao que está a ver de uma forma muito honesta”.