Número 1 da lista de Santana Lopes à Assembleia Municipal acusado de furto qualificado

Paulo Mariano terá ficado com recheio de edifício que comprou, mas que se encontrava arrendado por uma empresa.

figueira-foz,politica,ministerio-publico,policia-judiciaria,crime,justica,
Fotogaleria
Fachada da Câmara da Figueira da Foz PAULO RICCA/PÚBLICO
figueira-foz,politica,ministerio-publico,policia-judiciaria,crime,justica,
Fotogaleria
Candidato da lista de Santana a contas com a justiça Nuno Ferreira Santos

O empresário Paulo Mariano, que é candidato à presidência da Assembleia Municipal da Figueira da Foz pelo movimento Figueira a Primeira (liderado por Pedro Santana Lopes), foi acusado pelo Ministério Público (MP), em Fevereiro deste ano, de furto qualificado. Ter-se-á apropriado do recheio de um edifício que comprou, mas que se encontrava arrendado por uma empresa de plásticos.