Como se financia um Governo dos taliban?

Duas décadas depois, o grupo extremista volta a estar no poder no Afeganistão, com a responsabilidade de administrar uma máquina pública. Sem ajuda internacional, os taliban viram-se para a droga e impostos e sonham com investimentos chineses.

Foto
Patrulha de taliban na região de Kandahar STRINGER / EPA

Reside algures entre o facto e a ficção a história que se contava sobre o método usado pelo histórico fundador dos taliban, Mullah Omar, para guardar as reservas nacionais do Afeganistão durante o período em que governou o país: em dezenas de barris de metal num armazém em Kandahar. Cerca de 25 anos depois, os taliban voltam a assumir o controlo efectivo do país e, de grupo insurgente passam a ser os gestores de uma máquina pública mais complexa e, acima de tudo, cara.