A tragédia que evitámos, a tragédia que temos de evitar

O facto é que nós podemos ainda perder esta guerra. E a forma desigual como ela está a ser conduzida não nos pode deixar descansados.

Tem sido dito muitas vezes que as vacinas estão a ser um sucesso. Do que se tem falado pouco é do que estaria a acontecer se não tivéssemos vacinas. E embora ambas as coisas sejam a mesma coisa — nós apercebemo-nos da importância que algo tem ao pensarmos como seria o mundo sem esse algo —, a impressão que cada uma das abordagens deixa na nossa cabeça é muito diferente, e importa ser explorada.