Dez conflitos a que o mundo deve estar atento

Relatório do ACLED prevê que, até ao fim de 2021, as dimensões dos conflitos em curso aumentem significativamente para níveis de gravidade superiores aos dos últimos dois anos

Foto
As forças de segurança birmanesa têm reprimido brutalmente os protestos pacíficos após o golpe militar LYNN BO BO/EPA

Etiópia, Índia e Paquistão, Birmânia, Haiti, Bielorrússia, Colômbia, Arménia e Azerbaijão, Iémen, Moçambique e a região do Sahel. São estes os dez conflitos identificados em Fevereiro pelo relatório anual do Armed Conflict Location and Event Data Project (ACLED), uma organização que mapeia e analisa conflitos, e que foram agora revistos. Seis meses depois, muitas das previsões vieram a confirmar-se.

Sugerir correcção
Ler 8 comentários