Menos 4474 bebés nos primeiros seis meses de 2021. Natalidade ameaça descer para mínimos históricos

Entre Janeiro e Junho deste ano, apenas 37.675 bebés foram submetidos ao “teste do pezinho”, menos 4474 do que em igual período do ano passado. A natalidade parece ter já baixado para os níveis de 2014, em que a crise fez descer os nascimentos para mínimos históricos.

Foto
A pandemia está a reflectir-se em quebras abruptas na natalidade Paulo Pimenta

Nos primeiros seis meses deste ano, nasceram menos 4474 bebés do que em igual período do ano passado. Os dados do “teste do pezinho”, divulgados pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (Insa), no âmbito do Programa de Rastreio Neonatal – e que constituem um indicador fiável da natalidade, uma vez que cobrem a quase totalidade dos nascimentos em Portugal -, mostram que, entre Janeiro e Junho, nasceram apenas 37.675 bebés, contra os 42.149 registados em igual período de 2020.