Festival Porta-Jazz: música que o confinamento não silenciou

Depois de vários contratempos na organização, o 11.º festival organizado pela Associação Porta-Jazz volta a reunir músicos e cúmplices da cena jazzística portuense. Acontece desta sexta-feira a domingo, nos Jardins do Palácio de Cristal.

Foto
Noite de abertura com actuação da big band Coreto Porta-Jazz cortesia porta-jazz

Em Outubro de 2020, numa altura em que a pandemia mantinha o circuito de concertos em Portugal paralisado quase por completo, a sempre inventiva e dinâmica Associação Porta-Jazz arregaçou as mangas. E atirou-se a uma alternativa capaz de viabilizar uma programação de jazz no Porto que contornasse as limitações da sua sala habitual e permitisse adaptar-se às novas regras sanitárias. Só que as mangas a arregaçar seriam mais do que as previstas. Acabavam de receber “uma tenda gigantesca, para organizar concertos ao ar livre”, lembra João Pedro Brandão, mas cujo desafio de pôr de pé exigia bem mais do que as quatro pessoas que lhes haviam indicado. “Apareceu-nos uma tenda com uma tonelada de material e, de repente, estavam 20 músicos num sábado de manhã a montar uma tenda para que pudesse haver concertos à tarde”, recorda ao PÚBLICO.