Licenças de empresas de trabalho temporário dependentes de avaliação de gestores

Governo quer sistema de certificação de qualidade das empresas para decidir a manutenção das licenças. Imigração ilegal e crimes em matérias laborais darão origem a sanções mais graves.

Foto
As empresas de outsourcing na construção deverão ficar sujeitas a registo para a certificação de qualidade Nelson Garrido

O Governo quer reforçar os requisitos exigidos às empresas de trabalho temporário (ETT) para que mantenham as licenças de actividade, fazendo uma avaliação de idoneidade dos donos e dos gestores das sociedades, à semelhança do que acontece com os administradores dos bancos e seguradoras.