Cientistas corrigem história do primeiro surto de covid-19 em Portugal

Afinal, o caso de Lousada estava mal contado. As análises às sequências genéticas do vírus que infectou várias pessoas contam uma história diferente da que ouvimos em 2020 e reforçam a importância de seguir este rasto para travar uma cadeia de transmissão.

Foto

Já passámos por muitas coisas e várias vagas desde aquele que terá sido o primeiro surto de covid-19 detectado em Portugal, numa fábrica de calçado em Lousada, no distrito do Porto. Uma equipa de investigadores do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde (I3S) da Universidade do Porto e do Hospital de S. João conseguiu fazer uma reconstituição do caso que começou no fim de Fevereiro de 2020. O artigo científico publicado em Junho apresenta uma nova versão da história, sublinhando a importância de seguir o rasto do vírus para travar uma cadeia de transmissão. Terá sido um oportuno excesso de zelo, mais ou menos às cegas, que evitou um pior desfecho.