Granadeiro assume que recebeu oito milhões de euros do GES com base na confiança

Antigo líder da Portugal Telecom foi ouvido no julgamento de Ricardo Salgado na qualidade de testemunha, depois de ter sido ilibado na Operação Marquês de corrupção e peculato.

Foto
daniel rocha

O ex-chairman da Portugal Telecom Henrique Granadeiro assumiu esta terça-feira, durante o julgamento de Ricardo Salgado, no qual prestou declarações na qualidade de testemunha, que em 2011 recebeu 9,8 milhões de francos suiços (oito milhões de euros) do Grupo Espírito Santo para investir num projecto agrícola com campo de golfe e hotel sem que essa transacção tivesse ficado registada onde quer que fosse. Esse registo só foi efectuado três meses mais tarde.