Pressão sobre Governo. Peritos pedem coerência e menos falhas na comunicação

Deixar cair o medo e a ameaça de novos confinamentos e apostar numa campanha capaz de garantir a adesão das pessoas às medidas de distanciamento social. Eis o conselho dos especialistas para travar a quarta onda pandémica. E, acusando o Governo de estar a falhar na comunicação, dizem que submeter pessoas com vacinação completa a isolamento profilático e testes de rastreio só serve para aumentar a confusão

Foto
ANTóNIO PEDRO SANTOS/Lusa

As medidas restritivas impostas a vários concelhos da Área Metropolitana de Lisboa (AML) devem ser alargadas a outras zonas do país ou tornou-se fútil insistir no confinamento, numa altura em que quase 60% dos portugueses já receberam pelo menos uma dose da vacina contra a covid-19? A famosa “matriz de risco”, que norteia a gestão política da pandemia, deve ou não ser alterada? E quem já tenha o esquema vacinal completo deve estar igualmente sujeito a isolamento profiláctico e à obrigatoriedade de testes de rastreio?