Grupo Sogepoc disputa com americanos mercado das nozes em Portugal

Preocupações ambientais e sociais dão suporte a um investimento superior a 50 milhões de euros para garantir nozes frescas todo o ano e quase uma centena de postos de trabalho.

Foto

A Nogam, empresa do grupo Sogepoc, pretende substituir parte da oferta norte-americana no mercado das nozes com produção nacional, baseada em frutos frescos, e durante todo o ano. Tiago Costa, presidente executivo (CEO, na sigla inglesa) da divisão de negócio agrícola da Sogepoc, adiantou ao PÚBLICO que a empresa “espera alcançar maior quota no mercado português” mas também garantir o fornecimento, sobretudo de miolo de noz, aos mercados espanhol, italiano e alemão, grandes consumidores e importadores deste produto.