Eles querem pôr Casa Branca no mapa e a cultura é a sua arma

Chama-se Era Uma Voz, abriu as portas esta semana e os seus mentores querem levar cultura ao desertificado Norte alentejano onde quase nada chega. Casa Branca já tem uma biblioteca e vai ter muito mais.

Foto
Os quatro fundadores da Era Uma Voz

A freguesia de Casa Branca, no concelho alentejano de Sousel, tinha, em 2011, cerca de 1200 habitantes. De lá para cá, alguns mais terão deixado a aldeia e os seus arredores, procurando melhor vida noutras paragens.