As consequências geopolíticas da perda de peso de Kim Jong-un

Com a Coreia do Norte ainda mais fechada do que habitualmente por causa da pandemia, os analistas e serviços secretos tentam tirar conclusões do facto de o líder norte-coreano estar mais magro.

Foto
Kim Jong-un presidindo esta semana a uma reunião do comité central do Partido Comunista KCNA/Reuters

O fato folgado está por estes dias um pouco mais largo. Depois de não ter sido visto em público durante quase um mês, o líder norte-coreano Kim Jong-un reapareceu sábado num jantar de Estado parecendo visivelmente mais magro.