Marcelo desvaloriza tensão entre Funchal e Lisboa. “Faz parte”

Antigo e actual presidentes do governo madeirense pediram intervenção do chefe de Estado para se responder às reivindicações do arquipélago.

Foto
Marcelo jantou com o executivo regional na Quinta Vigia LUSA/TIAGO PETINGA

Primeiro Jardim, depois Albuquerque. No arranque das comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, que este ano decorrem na Madeira, as despesas políticas ficaram por conta do antigo presidente do governo regional madeirense e do actual. Marcelo Rebelo de Sousa fintou ambos.