ZMar: o sonho de um conde, muito dinheiro alheio à mistura e uma falência duvidosa

O eco resort de Odemira que entrou nas bocas do país por causa da requisição civil a que foi sujeito em finais de Abril tem uma história tortuosa, que esbarra muitas vezes no sobrenome Espírito Santo. O PÚBLICO desvenda os empréstimos, as dívidas e as licenças que o complexo tem e as que nunca teve.

Foto
Jose Fernandes

Havia ingredientes suficientes para tornar esta história num conto de fadas do século XXI: um conde com um sonho e um apelido sonante; muitos amigos poderosos a ajudar; um banco de portas abertas e uma herdade com potencial turístico, junto ao Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina. 

Sugerir correcção
Ler 10 comentários