A outra “pulga” da Argentina

Luis Miguel Rodríguez tem a mesma alcunha de Messi, chegou a ser convocado para a selecção por Maradona e é amado pelos argentinos, que o queriam entre os convocados para os Jogos de Tóquio.

Foto
"Pulguita" Rodríguez, avançado do Colón de Santa Fé DR

#PulgaATokio foi uma campanha que ganhou tracção nas redes sociais nos últimos meses. À vista desarmada, parecia um apelo para que Lionel Messi comandasse a Argentina nos Jogos Olímpicos de Tóquio deste Verão, tal como aconteceu em Pequim 2008, onde a “albiceleste” ganhou a medalha de ouro. Só que Messi não é o único 10 argentino conhecido como “pulga”, apelido que os argentinos dão aos baixinhos virtuosos e especiais. Luis Miguel Rodríguez não tem a fama global do craque do Barcelona, mas é amado no seu país e também tem qualquer coisa de Maradona – era o que o próprio Maradona dizia. “Pulga” Rodríguez tem 36 anos e já não irá a tempo de ser uma “estrela” mundial, e ganhar um Mundial, como Maradona, ou o ouro olímpico, como Messi. Mas a “Pulguita” de Tucumán, por tudo o que foi depois de tudo o que viveu, é alguém especial.