França cria obstáculo à directiva fiscal que a presidência portuguesa aprovou na UE

Portugal conseguiu uma maioria para avançar com a directiva da UE sobre transparência fiscal das multinacionais, que esteve bloqueada durante anos. Mas a França ameaça voltar à estaca zero se esta não for diluída – uma posição que tem as marcas do lobby empresarial: literalmente.

Foto
Reuters/Phil Noble

Há anos que aguarda a aprovação, anos durante os quais, legalmente, as empresas multinacionais têm evitado pagar impostos, registando as suas empresas em países com impostos baixos, sem sequer terem de o revelar. O projecto de lei da UE – relatório público país por país, ou CbCR na sigla inglesa – visa lançar uma luz sobre esta actividade, obrigando as empresas a revelar os seus lucros, levando-as assim a pagar impostos em cada país onde têm actividades económicas.

Sugerir correcção
Ler 19 comentários